Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C
Logotipo Município de Vila Franca de Xira
pesquisar

Arqueologia


Os serviços de arqueologia inserem-se dentro da estrutura orgânica do Museu Municipal de Via Franca de Xira, tendo como principal função, a gestão e salvaguarda integrada do património arqueológico do concelho.

Dentro da sua área de competência, destacam-se as ações de acompanhamento arqueológico, organizar e superintender escavações realizadas no âmbito municipal ou por empresas de arqueologia, proceder á elaboração de pareceres sobre obras ou trabalhos a realizar nas áreas dos Centros Históricos e um projeto de estudo a decorrer, sobre a ocupação humana no extenso território do concelho de Vila Franca de Xira.

A conjugação destas vertentes permitiu até ao momento a identificação de várias dezenas de estações arqueológicas, algumas de grande importância científica como o Povoado do Bronze Final de Santa Sofia ou o sítio Romano-Republicano de Monte dos Castelinhos.

 

De momento encontram-se a decorrer dois projetos de Investigação:

Projeto de Investigação Plurianual de Arqueologia (PIPA): Monte dos Castelinhos e a romanização do baixo Tejo (MOCRATE)


Este projeto insere-se no âmbito da filosofia do Museu de Vila Franca de Xira enquanto Museu de Território inscrito na Rede Portuguesa de Museus. A estação arqueológica de Monte de Castelinhos pretende-se assumir como um polo descentralizado deste Museu de território, aproveitando as diversas valências que a localização do sítio evidencia. Nomeadamente a nível patrimonial, paisagístico e ecológico.

O projeto de estudo em torno desta estação enquadra-se igualmente a nível institucional na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Em 2010 celebrou-se um protocolo de colaboração com esta instituição, tendo presente a criação e aproveitamento deste sítio para a formação dos alunos da licenciatura de Arqueologia em contexto de trabalho.

 

Projeto Carta Arqueológica Vila Franca de Xira


O Centro de Estudos Arqueológicos do Museu Municipal encontra-se a ultimar os trabalhos, conducentes à publicação da Carta arqueológica de Vila Franca de Xira.

O objetivo base deste documento é elaborar uma compilação atualizada dos dados disponíveis sobre a presença humana no nosso território e um inventário atualizado e georreferenciado de sítios/estações arqueológicas.

Pretende-se que este volume seja uma ferramenta de trabalho de gestão do território decisiva na proteção, divulgação e exploração turística, dos recursos finitos relativos ao arquivo do passado, constituídos pelos arqueossítios.

Por último os resultados deste projeto permitem aduzir uma leitura da evolução da ocupação humana no território de Vila Franca de Xira desde as primeiras comunidades de caçadores recolectores Paleolíticos até aos dias de hoje.