Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C
Logotipo Município de Vila Franca de Xira
pesquisar

Passeios no Barco Varino "Liberdade"

 
imagemO barco Varino “Liberdade”, uma da muitas embarcações que faziam parte de um intenso tráfego fluvial de transporte de mercadorias, é hoje uma referência transformado num Núcleo Museológico do Museu Municipal de Vila Franca de Xira.
 
De maio a outubro, o “Liberdade” segue os contornos do rio ao encontro das paisagens e das histórias que fizeram as gentes da zona ribeirinha de Vila Franca de Xira. Dezoito metros, quarenta toneladas, duas velas, proa alta e fundo chato permitem a esta embarcação típica navegar pelos baixios e tirar partido da beleza natural e das condições de exceção da Reserva Natural do Estuário do Tejo. Sendo uma das dez mais importantes da Europa Ocidental, esta Reserva faz parte do percurso fluvial, que este varino oferece aos turistas, entre os mouchões do Tejo e Valada do Ribatejo. Percorre o Rio em percursos, quer para sul quer para norte.
 
Do cais de Vila Franca aos Mouchões das Garças e da Póvoa de Santa Iria ou de Vila Franca até Valada do Ribatejo, percorremos um vasto património natural, dotado de um excelente equilíbrio que faz falta à alma. O Palácio das Obras, em Azambuja, as zonas ribeirinhas de Vila Franca de Xira e Alhandra, as ilhas desabitadas que pontilham aqui e ali o Rio e, ainda, a Ponta da Erva, constituem pontos obrigatórios que o turista não poderá deixar de visitar, pela sua singularidade. Com um cenário de grande riqueza paisagística, ficamos a conhecer verdadeiros paraísos de fauna e de flora. Ao longo do percurso, o visitante pode deliciar-se a ouvir e observar belos exemplares de aves aquáticas, que encontram aqui um local ideal para repousar e se alimentarem nos seus percursos de migração da Europa para a África Ocidental. É comum observar nos Mouchões, Flamingos, Garças, Patos, Alfaiates, Maçaricos e Pilritos, a alimentarem-se nas lamas (vasas entre marés) e a descansarem nos principais habitats e povoamentos vegetais que integram a Reserva.
 
Disponível para passeios durante a semana ou aos fins de semana, para grupos organizados, o barco varino “Liberdade” sai do cais em horários dependentes das marés. O barco tem capacidade para 40 turistas, bem instalados em coloridos bancos corridos, com uma lona que protege os visitantes dos caprichos do tempo. Umas vezes estende-se o farnel sobre a mesa, outras, o barco atraca e faz-se uma paragem para almoço.

 

  • Barco Varino “Liberdade” ganhou a “Bandeira Azul para Embarcações”

    No dia 25 de Abril’16 foi hasteada no Barco Varino “Liberdade” a Bandeira Azul para Embarcações”, tornando Vila Franca de Xira como o primeiro Município a possuir esta certificação ambiental num Barco Tradicional. Constituindo-se como um dos símbolos do Concelho, que vem suscitando cada mais interesse turístico, o Barco Varino “Liberdade” foi objeto de candidatura para receber a “Bandeira Azul para Embarcações”, a qual foi já granjeada. Este reconhecimento desenvolvido para proteger o Ambiente e, em especial, o ambiente marinho e fluvial nas marinas e praias reúne uma série de objetivos e requisitos a que o nosso Núcleo Museológico dá resposta. Refira-se que entre as várias condições exigidas, o “Liberdade”, corresponde a uma das principais, sendo a primeira embarcação tradicional a ser dotada de um reservatório, com capacidade de cerca de 5 000 litros, para os resíduos sanitários.

    No Feriado Nacional de 25 de Abril, o momento foi assinalado com a realização de pequenos passeios gratuitos no Barco, que comemoraram também o facto do “Liberdade” completar, naquele dia, 71 anos e 28 ao serviço do Município. Um ex-líbris do Concelho que possui uma série de características extraordinárias, aliando várias vertentes do turismo de natureza, fluvial e cultural e à que se juntou, agora, mais uma relevante distinção.

    imagem