Passar para o Conteúdo Principal Top
logótipo CM Vila Granca de Xira
Hoje
Máx C
Mín C

Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

pesquisar

Projeto Ativamente – Evelhecimento Ativo

Pages from SiteAtivamente copiar

Investimento Municipal promove envelhecimento ativo e saudável - Projeto “Ativ@mente”


O projeto Municipal “Ativ@mente” dirigido à população com mais de 55 anos, visando integrá-las numa estratégia em prol de uma adequada inclusão social e da promoção de um envelhecimento ativo e saudável.

Este projeto de intervenção social, com duração de 36 meses, começou a ser implementado em dezembro último e resulta do investimento municipal na ordem dos 206 mil euros, estando os restantes 50 por cento a cargo do Fundos Comunitários (Fundo Social Europeu). No total, são 412 mil euros o investimento a afetar a este projeto cujas ações são dirigidas à melhoria da qualidade de vida da população sénior do Concelho.

As atividades programadas visam a crescente capacitação dos técnicos das instituições locais de apoio a idosos, dos cuidadores formais e informais, mobilizando assim o interesse da comunidade em geral.

Na prossecução de uma política de proximidade e intergeracional, o projeto “Ativ@mente” abrange atividades, nomeadamente oferta culturais, educacionais e de convívio; espaços de diálogo, de trocas de experiência e de conhecimentos entre pessoas idosas e crianças; estratégias para diminuir o isolamento social e a exclusão em interação com as famílias, assim como ações de formação, encontros, seminários, workshops dirigidos aos funcionários de instituições com utentes pertencentes a esta faixa etária.

O programa “Ativ@mente” tem um cronograma de ações previsto até novembro de 2021, contando com o apoio técnico especializado de uma equipa multidisciplinar, que integra áreas desde a psicologia, ciências sociais e nutrição até à fisiologia. No total, são 412 mil euros o investimento a afetar a este projeto cujas ações são dirigidas à melhoria da qualidade de vida da população sénior do Concelho.
 

  • Objetivos

    • Desenvolver estratégias de combate ao isolamento e de promoção da inclusão social, da pessoa com idade igual ou superior a 55 anos, através da criação de atividade em interação com as famílias e com as crianças e jovens que favoreçam o enriquecimento mútuo e a solidariedade intergeracional;
    • Promover o envelhecimento ativo e saudável, desenvolvendo ações de capacitação com vista a garantir o bem-estar físico e mental, contribuindo para uma maior autonomia e independência, da pessoa com idade igual ou superior a 55 anos;
    • Capacitar, a pessoa com idade igual ou superior a 55 anos, para o aumento da qualidade de vida, promovendo ações de literacia em saúde, fomentando a prática de estilos de vida saudáveis e o reconhecimento de competências que incrementam a autonomia na gestão do seu processo de cuidados.
  • Destinatários

    • Pessoas com idade igual ou superior a 55 anos do concelho de Vila Franca de Xira;
    • Crianças e jovens que integrem projetos intergeracionais (Projeto Municipal Caleidoscópio).
  • Atividades

    O projeto contempla 12 atividades aprovadas, de acordo com quatro tipologias de intervenção:

    • Ações de Capacitação (“Mãos na Lata”; “Dar + Vida aos anos”; “Rádio Ativa”; “Café Memória”);
    • Atividades de Apoio à Inclusão Social (“Teleassistência”; “Georreferenciar para melhor Incluir”; “Comissão Municipal de Proteção da Pessoa Idosa”; “Tempo para Si”);
    • Encontros, Seminários, Workshops e Ações de Divulgação (“Maleta”; “Conversas sem Idade”);
    • Estudos (Seminário; Guia do Sénior).

     

    TIPOLOGIA

     

    AÇÕES / ATIVIDADES

     

    BREVE DESCRIÇÃO

     

     

     

     

     

    A - Ações de capacitação: Oferta de atividades culturais, educacionais e de convívio; Espaços de diálogo e de troca de experiência e de conhecimentos entre pessoas idosas e crianças

     

     

     

    A1 - Mãos na Lata

    Workshops de Arte Urbana que visam promover o envelhecimento ativo, a solidariedade e a aprendizagem intergeracional e a inclusão social, potenciando a integração e a participação da pessoa com idade igual ou superior a 55 anos.
    Estas sessões contemplam os seguintes módulos: Enquadramento histórico do aparecimento do graffiti; TAG; Técnica de STENCIL e Pintura do Mural), que refletem uma cronologia, do aparecimento e evolução do trabalho na “rua”.
    Os conteúdos teóricos programados, não pretendem ser de grande complexidade e extensão, mas sim facultar aos participantes noções concretas e concisas sobre os temas propostos.
    A duração de cada módulo é de 2 dias, por ano civil, com um máximo de 15 participantes.

     

     

    A2 – Dar + Vida aos Anos

    Programa comunitário promotor de estilos de vida saudáveis que inclui o acesso à prática de atividade física, a consultas de nutrição e de fisiologia e sessões de literacia em saúde, em articulação com os stakeholders.
    As consultas de nutrição e fisiologia pressupõem três momentos de avaliação (inicial, intermédia e final) por ano civil, dos participantes e o devido encaminhamento para a prática desportiva recorrendo aos recursos existentes na comunidade.
    Nas sessões de literacia em saúde serão abordados temas relacionados com a Nutrição e a Fisiologia, de forma a garantir o reconhecimento da importância da dieta saudável e da atividade física, contribuindo para inclusão social da pessoa com idade igual ou superior a 55 anos, para o aumento da sua qualidade de vida, potenciando a sua autonomia e independência.
    Para que esta atividade seja desenvolvida em proximidade com seus participantes, prevê-se a criação de um total de 6 Polos, distribuídos pelas 6 Freguesias e Uniões de Freguesia do Concelho de Vila Franca de Xira, no horizonte temporal de 36 meses.

     

    A3 – Rádio Ativa

    Espaço de “avós e netos” integrado nas Rádio Escolas concelhias, apoiando a atividade escolar no âmbito de partilha de experiências de vida, potenciando o capital de conhecimento e de experiência das pessoas com idade igual ou superior a 55 anos na formação das gerações mais jovens , em articulação com o Projeto Municipal Caleidoscópio – Planos Inovadores de combate ao Insucesso Escolar.

    Esta atividade de combate à exclusão social e ao isolamento promove a relação intergeracional e familiar, aumentando a qualidade de vida, a relação familiar de proximidade e o envelhecimento ativo e saudável.

     

    A4 – Café Memória

    Espaço de discussão, reflexão, partilha e suporte mútuo sobre questões associadas a problemas de memória ou demência, num ambiente reservado e seguro, facilitador da interação entre todos, disponibilizando apoio emocional, informação útil e promovendo a participação das pessoas em atividades lúdicas e estimulantes, com o apoio de profissionais de saúde e/ou de ação social, num contexto informal.

    Esta atividade permite prevenir o isolamento e a exclusão social e aumentar a qualidade de vida e o envelhecimento ativo e saudável e será implementada em articulação com a Associação Alzheimer Portugal.

     

     

     

     

    B – Atividades de apoio à inclusão social: Estratégias para diminuir o isolamento social e a exclusão em interação com as famílias

     

     

     

    B1 – Teleassistência

    Serviço de tecnologias de apoio à distância, de resposta imediata em situações de emergência/urgência, segurança e solidão através do acionamento de um botão pelo utente, que permite o contacto com o Contact Center da Cruz Vermelha Portuguesa, 365 dias por ano, durante 24 horas por dia, com o acesso à situação clínica, pessoal e familiar de cada utente através de equipamentos de comprovada fiabilidade.

    Esta ação procura incrementar a autonomia da pessoa idosa na gestão do seu processo de cuidados, incentivar o envelhecimento no contexto de proximidade (ageing in place) prestando um serviço de apoio à manutenção do conforto e segurança no domicílio.

     

    B2 – Georreferenciar para melhor incluir

    Programa que se propõe a georreferenciar as pessoas de idade igual ou superior a 55 anos abrangidas pela atividade da Teleassistência e encaminhadas pelas Instituições concelhias.

    Esta atividade irá permitir aos técnicos efetuar pesquisas, identificar e priorizar necessidades associadas aos utentes e consequentemente, orientar a definição de políticas sociais locais no que se refere ao envelhecimento ativo, à inclusão e à melhoria da qualidade de vida.

    A longo prazo espera-se ampliar esta atividade a outras bases de dados existentes no município, permitindo o cruzamento da informação de forma a otimizar a intervenção já realizada, na área social.

     

    B3 – Comissão Municipal de Proteção da Pessoa Idosa

    Constituição da Comissão Municipal do Idoso, através da criação de estatutos sociais e regulamentos, que potenciem o funcionamento de uma estrutura de apoio à pessoa idosa, com o envolvimento dos parceiros da comunidade, nomeadamente todas as Entidades Locais de Apoio a Idosos.

    Esta atividade prevê contribuir para o envelhecimento ativo e saudável, para a solidariedade e a aprendizagem intergeracional, para a inclusão social, promovendo a integração e a participação dos destinatários e aumentando a sua qualidade de vida.

    A Comissão pressupõe ainda, a identificação/sinalização de casos de violência na pessoa idosa e o seu encaminhamento através dos meios legais disponíveis na comunidade.

    Esta estrutura terá como objetivo final promover a divulgação de todas as iniciativas desenvolvidas no concelho, na área do envelhecimento e disponibilizar informação promotora da literacia em saúde.

     

     

    B4 – Tempo para si

    Criação de uma bolsa de h/semanais, para apoiar os cuidadores informais, com mais de 55 anos e com carência económica comprovada, de pessoas dependentes e/ou portadoras de patologia e/ou deficiência.

    Prevê a Aquisição de Serviços Especializados na Área do Envelhecimento, proveniente das IPSS – Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho de VFX, de forma a que o cuidador informal tenha tempo para si (descansar e/ou tratar de assuntos fora da habitação).

    Esta atividade permite promover o envelhecimento ativo e saudável, diminuir o nível de desgaste físico e emocional dos cuidadores informais, aumentar a qualidade de vida, de ambos, e assegurar uma maior autonomia e independência dos beneficiários.

     

     

    C – Encontros, Seminários, Workshops, Ações de Divulgação: Ações de capacitação e formação do pessoal das instituições

     

     

    C1 – Maleta

    Programa de estimulação de competências que visa promover estratégias de suporte ao envelhecimento ativo e saudável em contexto de proximidade da pessoa idosa (ageing in place).

    Este programa pressupõe atividades que permitam aos idosos exercitarem as suas funções executivas, com recurso a materiais didáticos e ferramentas de Tecnologias de Informação e Comunicação, através da Maleta e Kits Pedagógicos produzidos para o efeito, que no decorrer do Projeto serão fornecidos gratuitamente às Instituições participantes.

    Prevê-se a realização desta atividade nas Instituições Locais de Apoio a Idosos, com valências de Estrutura Residencial para Idosos e Centros de Dia, podendo ser estendida, ao Serviço de Apoio Domiciliário.

     

     

     

    C2 – Conversas sem idade

    Ações de capacitação e sensibilização com recurso a Técnicos especializados e/ou intervenientes na área do envelhecimento ativo que visem:

    • Promover a aculturação bem como a prática de estilos de vida saudável (reconhecimento da importância da dieta saudável, da atividade física regular e da melhoria da mobilidade da pessoa idosa);
    • Revelar a importância do desenvolvimento de competências que incrementem a autonomia da pessoa idosa na gestão do seu processo de cuidados, desde a vigilância da saúde à segurança e acessibilidade nas habitações das pessoas idosas (prevenção de acidentes e quedas);
    • Alertar e prevenir para situações de ocorrência violência nas pessoas idosas.
    Estão previstas realizar, seis ações por ano civil, no âmbito educacional e sociocultural que conferem literacia em saúde, adequada tanto ao público-alvo como aos seus cuidadores informais e todos os profissionais da área, com as seguintes temáticas: Prevenção de Acidentes e Quedas; Saúde Mental e Demências; Violência e Maus Tratos a Idosos; Literacia Financeira; Literacia Digital e Sexualidade na Terceira Idade.

     

     

    D – Estudos: Ações de monitorização e de avaliação relativas às medidas e aos dispositivos implementados

     

     

     

    D1 – Seminário

    Espaços de reflexão, de partilha e troca de experiências com o objetivo de:

    • Incentivar o envelhecimento ativo e saudável e a promoção da inclusão social;
    • Estimular o aumento qualidade de vida;
    • Partilhar experiências de intervenção na área;
    Aprofundar conhecimentos sobre diversas temáticas e disseminar boas práticas, contribuindo para a redução das desigualdades em saúde e partilha de informação acerca de direitos da população beneficiária.

     

     

    D2 – Guia do Sénior

    Elaboração de um manual/guia de boas práticas sobre o Projeto Ativ@mente, com testemunhos dos destinatários e registo dos contributos dos stakeholders que participaram durante a execução do Projeto.

    Pretende-se identificar e disseminar boas práticas, com potencial de replicabilidade, que promovam o envelhecimento ativo e saudável, a inclusão social e o aumento da qualidade de vida das pessoas com idade igual ou superior a 55 anos no concelho de Vila Franca de Xira.

  • Enquadramento

    • Aviso n.º LISBOA – 38-2018-30 – Concurso para a Apresentação de Candidaturas ao Programa Operacional de Lisboa 2014/2020
    • Eixo Prioritário 6 – Promover a Inclusão Social e combater a Pobreza e a Discriminação
    • Objetivo Temático 9 – Promover a Inclusão Social e Combater a Pobreza e a Discriminação
    • Prioridade de Investimento 9 IV/9.4. – Melhoria do Acesso a Serviços Sustentáveis, de grande qualidade e a preços comportáveis, incluindo cuidados de saúde e serviços sociais de interesse geral

    Sumário Executivo
    • Candidatura aprovada, realizada pela Equipa Multidisciplinar da Reabilitação Urbana (EMRU), em articulação com o Departamento de Habitação e Coesão Social (DHCS) no âmbito do Portugal2020;
    • Contempla a Estratégia Nacional para o Envelhecimento Ativo e Saudável Ativo e Saudável 2017-2025;
    • Projeto Municipal com vista à promoção do envelhecimento ativo e saudável, a inclusão social e o combate ao isolamento da pessoa com idade igual ou superior a 55 anos do concelho de Vila Franca de Xira, em articulação com as entidades concelhias;
  • Indicadores e Metas

    O projeto tem indicadores de realização e de resultado e visa contratualizar, com a autoridade de Gestão, conforme Aviso de Concurso LISBOA-38-2018-30, as seguintes metas:
     

    Aviso LISBOA – 38 – 2018 - 30

    Valor Base

    Meta

    Ano Alvo

    Indicador de Realização

    Destinatários nas atividades desenvolvidas

    0

    314

    2021

    Indicador de Resultado

    Grau de satisfação dos destinatários

    0

    80% dos inquéritos recolhidos têm de apresentar o resultado “satisfeitos”

    2021

  • Equipa

    O projeto conta com uma equipa especializada, constituída por nove técnicos:

    • 1 Coordenador Geral
    • 1 Técnico Administrativo
    • 1 Psicólogo
    • 1 Designer
    • 1 Técnico de Sistema de Informação Geográfica (SIG)
    • 1 Nutricionista
    • 1 Fisiologista
    • 2 Técnicos de Ciências Sociais

logocofinanciamento
SiteAtivamente copiar_Page_2