Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C
Logotipo Município de Vila Franca de Xira
pesquisar

Aprendizes do Fingir


imagemPrograma da responsabilidade da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira que tem como principal objetivo promover e apoiar a atividade dos Núcleos de Teatro das Escolas EB 2,3 e Secundárias do Concelho. Ao longo do ano letivo realizam-se ações de formação dirigidas a professores e alunos, a iniciativa “Bater Texto Com…” que visa promover o contacto com profissionais da área da representação que partilham a sua experiência com os alunos, e disponibiliza-se apoio financeiro para a produção dos espetáculos. Estes são desenvolvidos por alunos e professores, no âmbito das tarefas extracurriculares.

Este Programa pretende estimular o gosto pelo teatro e a partilha dessa experiência no espaço escolar, contribuindo para a consolidação de hábitos de consumo cultural entre as camadas mais jovens.


23.ª edição da iniciativa “Os Aprendizes do Fingir”


O programa “Os Aprendizes do Fingir” promovido pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira apoia o funcionamento dos Núcleos de Teatro das Escolas Básicas e Secundárias do Concelho, nomeadamente através da realização de ações de formação para docentes e alunos/as, apoio técnico e financeiro e apresentação final das peças.

Trata-se de um programa de especial importância, que visa a promoção do gosto pelo teatro e a partilha dessa experiência no espaço escolar, contribuindo para a consolidação de hábitos de consumo cultural entre os/as jovens, e cumprindo uma função formativa e sensibilizadora para a área artística.

A edição deste ano conta com a participação dos Núcleos de Teatro dos Agrupamentos de Escolas D. António de Ataíde, da Castanheira do Ribatejo; Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes; Bom Sucesso; Pedro Jacques de Magalhães, de Alverca do Ribatejo; Forte da Casa; Vialonga; Póvoa Santa Iria; Prof. Reynaldo dos Santos, de Vila Franca de Xira e da Escola Secundária Gago Coutinho, de Alverca do Ribatejo.

Os alunos intervenientes irão participar nas atividades programadas para esta edição, nomeadamente:

  • Bater texto com …
    30 de março de 2017 | 15h00 | Fórum Cultural da CHASA (Alverca do Ribatejo)

    Será apresentado o espetáculo A Convenção, pelo Grémio Dramático Povoense, uma ação de promoção teatral mostrando aos alunos que há teatro para além da escola, existindo a possibilidade de integrarem nos Grupos de Teatro do Concelho, dando assim seguimento ao trabalho iniciado nos Núcleos de Teatro.
  • Retiro Artístico
    10, 11 e 12 de abril de 2017 | Quinta Municipal de Subserra

    O retiro artístico contempla a realização de oficinas para alunos, assim como jogos dramáticos, um espetáculo de teatro e outras atividades relacionadas com esta arte. Esta atividade tem como objetivo dotar os alunos de ferramentas que possam utilizar em trabalhos futuros. Na formação em teatro, os alunos dos Agrupamentos de Escolas Prof. Reynaldo dos Santos, Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes e da Escola Secundária Gago Coutinho participam em três módulos: improvisação, voz/respiração e corpo/movimento/postura, num total de 15 horas.

    No dia 10 de abril, pelas 21h30, os alunos presentes no retiro vão assistir ao espetáculo do Grupo de Teatro Esteiros, Os Malefícios do Tabaco, de Anton Tchekhov, com versão cénica, encenação e interpretação de João Santos Lopes. Após o espetáculo terá lugar uma Tertúlia Teatral, onde se falará da peça e das experiências do ator e encenador João Santos Lopes, de teatro e a importância deste para os intervenientes nos Núcleos. No dia 11 de abril, pelas 21h30, sobe à cena Noites Improváveis, uma noite de improvisação teatral em que os intervenientes desta vez serão os alunos que estão no retiro.
  • Mostra de Teatro Escolar “Os Aprendizes do Fingir”
    12 de maio de 2017 | 18h00 | Ateneu Artístico Vilafranquense
    13 de maio de 2017 | 15h00 | Ateneu Artístico Vilafranquense

    Apresentação das peças trabalhadas pelos Núcleos de Teatro das Escolas do Concelho, sendo a iniciativa dirigida à comunidade escolar e aberta ao público em geral.
  • Apresentação de espetáculos
    27 de maio de 2017 | 15h30 | Fórum Cultural da CHASA (Alverca do Ribatejo)
    28 de maio de 2017 | 15h30 | Espaço Cultural Fernando Augusto (Póvoa Santa Iria)
    3 de junho de 2017 | 15h30 | Fábrica das Palavras (Vila Franca de Xira)

    À semelhança do ano anterior, através da votação dos professores e técnicos envolvidos diretamente na mostra, serão selecionados três espetáculos para ser apresentados ao grande público em momentos distintos.

22.ª edição da Mostra de Teatro Escolar | Os Aprendizes do Fingir

 


A apresentação dos trabalhos finais de 10 Núcleos de Teatro das escolas básicas e secundárias do Concelho decorreu nos dias 20 e 21 de maio de 2016, no Ateneu Artístico Vilafranquense, dirigida à comunidade escolar e ao público em geral.

A 22ª edição contou com a participação de 163 alunos e 17 professores, que mostraram à comunidade escolar e ao público em geral o resultado do trabalho desenvolvido para apresentação de peças originais e adaptadas.

O programa “Os Aprendizes do Fingir”, consiste num projeto promotor de diversas capacidades, facilitador da integração social e da aquisição de aptidões que concorrem para o sucesso educativo, traduzindo-se num impacto positivo no desenvolvimento integral dos alunos, o qual se concretiza com o esforço e o empenho de todos os que promovem as condições para assegurar a sua continuidade.


Bater Texto Com… Artifontinhas | Os Aprendizes do Fingir
 


No âmbito da 22ª edição da iniciativa “Os Aprendizes do Fingir”, decorreu no passado dia 26 de fevereiro de 2016 a atividade Bater Texto Com… Artifontinhas Associação de Teatro de Alverca, no Fórum Cultural da CHASA, em Alverca do Ribatejo, onde apresentaram o espetáculo Confissões de Adolescente com encenação de Miguel Dantas. Este Grupo de Teatro tem a particularidade de ser constituído na íntegra por alunos que saíram dos Núcleos de Teatro que participam na iniciativa “Os Aprendizes do Fingir”. No final do espetáculo os alunos tiveram oportunidade de conversar com o encenador e atores, abordando questões relacionadas com a representação, a gestão das emoções (riso, ansiedade), a capacidade de memorização dos textos, a elaboração dos mesmos, entre outras.

Participaram na referida iniciativa 130 alunos e 14 professores dos Agrupamentos de Escolas do Forte da Casa; Prof. Reynaldo dos Santos; Vialonga; Póvoa de Sta. Iria; D. António de Ataíde; Bom Sucesso; Pedro Jacques de Magalhães; Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes e da Escola Secundária Gago Coutinho.


Visita ao Teatro da Comuna | Os Aprendizes do Fingir


No 15 de março de 2016 realizou-se uma visita guiada ao Teatro da Comuna, em Lisboa, seguida do espetáculo Salta para o Saco, de António Torrado com encenação de João Mota. No final do espetáculo os alunos tiveram ainda oportunidade de conversar com o encenador e atores.

Nesta atividade, integrada no programa da 22ª edição da iniciativa “Os Aprendizes do Fingir”, participaram 47 alunos do ensino secundário dos Agrupamentos de Escolas do Forte da Casa e Prof. Reynaldo dos Santos e da Escola Secundária Gago Coutinho.


Retiro Artístico | Os Aprendizes do Fingir


Decorreu nos dias 29, 30 e 31 de março de 2016, na Quinta Municipal de Subserra, um Retiro Artístico dirigido aos alunos dos Núcleos de Teatro das Escolas do Concelho, no âmbito da iniciativa “Os Aprendizes do Fingir”. Participaram 38 alunos dos Agrupamentos de Escolas da Póvoa de Sta. Iria, Bom Sucesso, Pedro Jacques de Magalhães e Vialonga. Estes alunos tiveram formação de teatro, dividida em três módulos: voz / dicção / respiração; corpo / movimento / postura e Improvisação, num total de 39 horas.

O programa contou ainda com um espetáculo de teatro A Conta, de Karl Valentin, Versão cénica de Ildefonso Valério com interpretação de José Teles, que se realizou no dia 29 de março à noite e no final os alunos participaram numa Tertúlia onde puderam conversar com o ator sobre a peça que assistiram e ainda abordaram tópicos sobre experiências e técnicas teatrais.

Na noite de 30 de março os alunos participaram na atividade Noites Improváveis, onde puderam mostrar as suas apetências para a representação a partir das induções apresentadas. Estas atividades realizaram-se com o objetivo de contribuir com alguns dados técnicos que poderão vir a ser aplicados no trabalho que os alunos se encontram a desenvolver para a Mostra de Teatro da iniciativa “Os Aprendizes do Fingir”.