Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

pesquisar

Parque Ribeirinho Moinhos da Póvoa e Ciclovia do Tejo

Parque Ribeirinho Moinhos da Póvoa e Ciclovia do Tejo
img_6334_m_mestre
img_7460_v_cartaxo_8_06_2018_1_1024_2500
img_7468_v_cartaxo_8_06_2018
img_7496_v_cartaxo_8_06_2018
img_7651_v_cartaxo_8_06_2018
img_7653_v_cartaxo_8_06_2018
img_7656_v_cartaxo_8_06_2018_1_1024_2500

A Câmara Municipal inaugurou, a 14 de julho, o Parque Ribeirinho Moinhos da Póvoa (PRMP) e Ciclovia do Tejo, na Póvoa de Santa Iria. O novo espaço urbano de lazer e recreio, de 23.000m2, inclui também uma via pedonal e ciclável, com uma extensão aproximada de 1.800 m (3,6 m de largura), sendo este um investimento de cerca de 2,3 milhões de euros (IVA incluído).

O PRMP situa-se na frente ribeirinha sul do Concelho (União de Freguesias da Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa) e visa dar continuidade ao Parque Urbano da Póvoa Santa Iria (PUPSI) e ao Parque Linear Ribeirinho Estuário Tejo (PLRET), localizados a norte. A ciclovia do PRMP, passa a integrar a Rede Municipal, que contabiliza já 11 km (Vila Franca de Xira/Alhandra - 4,5 km e Póvoa de Santa Iria/Alverca do Ribatejo - 6,5 km), a qual se desenvolve ao longo da frente ribeirinha até ao extremo sul do concelho. No futuro, pretende-se que a sua ligação seja assegurada, pelos Municípios de Loures e Lisboa, ao Parque do Tejo e Trancão (Parque das Nações).

O PRMP é um espaço de usufruto público concelhio de excelência, com um inovador e diversificado conjunto de valências, cujo objetivo é satisfazer todas as expetativas dos seus visitantes. Os equipamentos de recreio e lazer e o mobiliário urbano incluem estruturas desportivas para a prática de fitness, adaptadas à utilização de utentes com mobilidade reduzida. No total, disponibiliza 36 lugares de estacionamento, dois dos quais, reservados a utentes com mobilidade reduzida.

O parque ribeirinho que se estende paralelo ao Rio Tejo, criando uma moldura paisagística ímpar, incorpora ainda tanques de marés (espaço central, destinam-se à prática da canoagem e remo de iniciação); clube náutico (edifício, na entrada poente do Parque, com balneários de apoio à prática do remo e da canoagem e instalações sanitárias de utilização pública); hangar de embarcações; “promenade” do rio (ao longo da frente ribeirinha com duas frentes de água - rio e tanques de marés); cais (nova estrutura de 48 m de comprimento para acostagem de barcos e canoas e ampliação do cais existente, em cerca de 20 m, para acostagem do barco varino Liberdade), contando ainda com dois pontões (foram reabilitados e adaptados dois pontões existentes, um frente ao Parque e outro situado a sul, junto à ciclovia).

De referir que os projetos de requalificação da Frente Ribeirinha da Póvoa de Santa Iria / Forte da Casa, continuam a ser referenciados como um bom exemplo nos meios académicos nacional e internacional.

O PRMP foi o tema central de uma aula aberta lecionada pelo Arq.º Francisco Guedes de Carvalho (autor do projeto), no passado dia 20 de março, na Escola Superior Artística do Porto – Direção do Curso de Arquitetura.

O Parque Linear Ribeirinho do Estuário do Tejo, inaugurado a 20 de julho de 2013 foi distinguido com o American Architecture Prize Wan Landscape Award, em 2016.

 

Avenida Isidoro Assunção Antunes da Costa | 2625-112 Póvoa de Santa Iria
GPS: 38º 51' 30.32" N, 09º 03' 41.05" W