Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C
Logotipo Município de Vila Franca de Xira
pesquisar

Já iniciaram as obras de Requalificação do Interface Rodoferroviário de Alverca

Sem titulo 1 1024 2500
25 Setembro 2018

Melhor Acessibilidade, Mais Mobilidade

As obras de requalificação do interface rodoferroviário de Alverca iniciaram ontem, 24 de setembro, naquela que é uma obra fundamental para a reorganização dos espaços exteriores e acessos a um ponto nevrálgico em termos de mobilidade naquela cidade. Esta intervenção, que terminará no primeiro semestre de 2019, representa um investimento global aproximado de 1 milhão e 200 mil euros (co-financiada por fundos comunitários) e é uma das ações previstas no Plano de Regeneração Urbana para o Concelho de Vila Franca de Xira no qual a Câmara Municipal está fortemente empenhada.

No espaço compreendido entre o Terminal Ferroviário (Estação da CP) e as Escolas Gago Coutinho e Pedro Jacques de Magalhães, em Alverca do Ribatejo, numa área de cerca de 30.000 m2, será aumentada a capacidade de estacionamento em mais de 100 lugares, ganhando um Terminal Rodo-Ferroviário mais acessível e com melhores espaços exteriores. Está prevista a criação de percursos pedonais e cicláveis, desenvolvendo um modelo de acessibilidade eficiente e promovendo a mobilidade ecológica. A rotunda existente será reformulada e serão contempladas zonas de descanso e lazer ao longo do percurso pedonal. Estas medidas, no conjunto, irão contribuir para a qualidade urbanística e paisagística do local, assim como promover a mobilidade urbana multimodal sustentável.

Esta é uma obra que a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira tem vindo a programar com todo o cuidado, procurando minimizar os inevitáveis incómodos que decorrem da profundidade desta intervenção. Nesse sentido, a Câmara Municipal alerta que no decorrer dos próximos dias irá proceder-se à interdição de lugares de estacionamento na zona de intervenção dos trabalhos, estando acautelados espaços alternativos de estacionamento no espaço da antiga TERTIR.

A Autarquia apela à compreensão da população face a eventuais perturbações, com o compromisso de que o período das intervenções será o mais breve possível e também com a certeza de que o resultado final das obras a realizar compensarão os incómodos dos próximos meses.