Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

pesquisar

Já estão em funcionamento os postos de carregamento elétrico de veículos no Interface Rodoferroviário de Alverca do Ribatejo

Já estão em funcionamento os postos de carregamento elétrico de veículos no Interface Rodoferrovi...
12 Março 2020

Processo exigiu a intervenção e certificação por parte de diversas entidades

Já estão em funcionamento os três postos de carregamento elétrico de veículos (CEV) instalados no Interface Rodoferroviário de Alverca do Ribatejo. Estes são os primeiros CEV do Município de Vila Franca de Xira, instalados por iniciativa da Câmara Municipal no contexto da obra de requalificação do Terminal Rodoferroviário em Alverca. Os CEV permitem o carregamento de até cinco veículos elétricos em simultâneo. Os custos associados ao abastecimento serão suportados pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, situação que irá manter-se até à publicação de regulamentação específica por parte do Governo, que está prevista e que irá determinar o pagamento destes custos pelos utilizadores/clientes no futuro.

A entrada em funcionamento destes postos CEV implicou todo um processo de intervenção na infraestrutura, certificação e contratualização de serviços no qual estiveram envolvidas, para além da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, a EDP, o Comercializador PH Energia Simples, a Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), a KLC (Kilometer Low Cost) enquanto Operador certificado de postos CEV e a MOBI-E (no reconhecimento do Operador de postos CEV, que ficará responsável pela sua manutenção e exploração).

Recorde-se que as Obras de Requalificação do Terminal Rodoferroviário de Alverca do Ribatejo, inauguradas em outubro de 2019, representaram um investimento global de cerca de 1 milhão e 165 mil euros, cofinanciada com fundos comunitários e com um investimento da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira superior a 890 mil euros. Esta obra traduziu-se em melhorias significativas no que respeita ao ordenamento do espaço público e na capacidade de estacionamento para um total de 643 lugares, aumentando a capacidade em mais de 100 lugares de estacionamento, para além da criação de percursos pedonais e cicláveis e zonas de descanso e lazer.