Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

pesquisar

COVID-19 | Ponto de situação a 20 de novembro dos surtos verificados em lares de idosos no Concelho de Vila Franca de Xira

COVID-19 | Ponto de situação a 20 de novembro dos surtos verificados em lares de idosos no Concel...
21 Novembro 2020


Dando continuidade ao trabalho de
acompanhamento aos surtos de COVID-19 verificados nas Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas – Lar da Associação do Hospital Civil e Misericórdia de Alhandra e Casa de S. Pedro de Alverca, realizou-se na manhã de 20 de novembro uma nova visita a ambas as instituições, por parte de elementos da Autoridade de Saúde Pública, Segurança Social e Serviço Municipal de Proteção Civil de Vila Franca de Xira.

A avaliação da Autoridade de Saúde Local é que em ambos os casos estão a ser cumpridas as regras de saúde pública estabelecidas, estando a ser devidamente acautelados, em cada uma das Instituições, todos os cuidados dos utentes infetados e não infetados, assim como asseguradas as condições de trabalho aos respetivos trabalhadores.

  • O ponto de situação de cada um dos surtos é o seguinte:
    • Lar da Misericórdia de Alhandra | 86 utentes e 30 trabalhadores infetados, num total de 116 | 22 óbitos (todos utentes da instituição)
    • Casa de S. Pedro de Alverca | 83 utentes e 49 trabalhadores infetados, num total de 132 | 9 óbitos (todos utentes da instituição) 

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira apresenta as mais sentidas condolências a todos os familiares que perderam os seus entes queridos em consequência deste surto e manifesta a sua solidariedade pelo momento de dor que estão a viver. Sabendo a Autarquia que a ocorrência de cada uma destas mortes representa uma perda irreparável e que o número de óbitos, em particular no Lar da Misericórdia de Alhandra, é elevado, considera-se da maior importância transmitir a estas famílias e também a toda a população o seguinte: em momento algum, quer as respetivas Instituições, quer as equipas médicas ou a Autoridade de Saúde descuraram o necessário acompanhamento destes utentes, tendo-lhes sido prestados os cuidados adequados e assegurados os recursos humanos e materiais necessários. Os idosos infetados que permanecem neste lares têm vindo a ser permanentemente vigiados e sempre que se verificam maiores complicações do seu estado de saúde, são de imediato encaminhados ao hospital. Como é do conhecimento geral, a população residente nestas Estruturas Residenciais para Idosos é composta por pessoas de idade muito avançada, muitas vezes com patologias bastante graves, que infelizmente são agudizadas por um quadro de infeção pela COVID-19, o que leva com frequência a um muito rápido agravamento da sua condição de saúde.

Importa por isso sublinhar uma vez mais que em todos os momentos, e desde o surgimento destas surtos, houve uma intervenção e monitorização permanentes pela Saúde Pública e pela Segurança Social, sendo desde a primeira hora acauteladas as necessidades, quer de recursos humanos, quer de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), de acordo também com as necessidades verificadas a cada momento e manifestadas pelas próprias Instituições. Em termos de recursos humanos, permanecem em funcionamento as Brigadas de Intervenção Rápida da Segurança Social, através de protocolo com a Cruz Vermelha, a par com o programa MAREES, do Instituto do Emprego e Formação Profissional, destinado também ao reforço de recursos humanos nas instituições. A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira também permanece disponível para a mobilização dos meios que estejam ao seu alcance e que se verifiquem ser necessários.

Informa-se ainda toda a população, em particular a população de Alhandra, que o surto de COVID-19 verificado no Lar da Misericórdia não representa um perigo ou um risco agravado de transmissão comunitária, na medida em que todos os casos positivos – utentes e trabalhadores – estão a cumprir o respetivo período de isolamento e estão a ser devidamente acompanhados pelas Autoridades. Esclarece-se também que os trabalhadores deste Lar que permanecem ao serviço da instituição e de todos os utentes, estão a cumprir escrupulosamente com todos os procedimentos de proteção e segurança, não constituindo por isso um risco de contágio.

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira agradece aos profissionais das duas instituições que estão a atravessar este surto e às equipas médicas envolvidas, o espírito de missão que têm demonstrado ao longo das últimas semanas, num quadro de grandes dificuldades para todos, desejando também as melhoras a todos os trabalhadores que se encontram atualmente infetados.

Por fim, uma palavra a todos os familiares de ambos os lares onde se registam atualmente estes surtos de COVID-19 no nosso Concelho: quer a Câmara Municipal, quer as Autoridades de Saúde, quer a Segurança Social asseguram que todo estes idosos – infetados ou não – estão a ser bem acompanhados pelas respetivas Instituições, acautelando todas as suas necessidades, não só em termos de apoio médico, mas também de conforto e de carinho. Estão por isso a ser desenvolvidos todos os esforços, nas respetivas áreas de competência, para ultrapassar da melhor forma possível uma situação de grande complexidade, e para a qual é fundamental a enorme dedicação que tem vindo a verificar-se por parte de todos os envolvidos.