Passar para o Conteúdo Principal Top
Hoje
Máx C
Mín C

Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

pesquisar

Iniciativas

  • 1. Congressos Internacionais

    XVI Congreso Internacional de Ciudades Educadoras - Katowice 2020

    Cidade de mudança como espaço de criatividade e inovação: música, meio ambiente, lazer e participação


    O próximo Congresso da Associação Internacional de Cidades Educadoras terá lugar em Katowice (Polónia) os dias 30 setembro – 2 outubro 2020.


    XV Congresso internacional das Cidades Educadoras – Cascais 2018


    XV Congresso internacional das Cidades Educadoras – Cascais 2018

    O município de Vila Franca de Xira participou no XV Congresso Internacional das Cidades Educadoras, através da exposição dos projetos “o Roteiro sem Barreiras” e os “Guiões Pictográficos” no painel do grupo temático “Cidades Inclusivas” do stand da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras.

    Estes projetos integram o programa anual de atividades educativas O Museu Oferece, dirigido à comunidade escolar e outros públicos e inserem-se numa estratégia de melhoria do acesso à cultura, aos museus e suas coleções, ao património cultural, por parte dos visitantes com necessidades especiais, promovendo uma comunicação mais inclusiva.

     

    Congresso Jovem

    Nesta edição do Congresso Internacional foi possibilitada a participação de dois jovens por município, mediante candidatura com a apresentação de uma reflexão em inglês sobre cidades educadoras, subordinada ao tema “Cidade pertença das pessoas”, com o objetivo principal de estimular a população jovem para uma participação mais ativa, consciente e cívica no futuro das cidades.
    Do município de Vila Franca de Xira participou a jovem Ana Catarina Medeiros Caria, 20 anos, residente em Alverca do Ribatejo, ex-aluna da Escola Secundária Gago Coutinho, atualmente a estudar Ciências Políticas e Relações Internacionais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, encontrando-se a frequentar, à data do Congresso, o Instituto de Estudos Políticos de Paris – SciencesPo. - ao abrigo do Programa Erasmus+. A reflexão apresentada com a sua candidatura intitulou-se “The city belongs to its citizens”.
    A Ana Catarina integrou um grupo de 75 jovens, 37 de nacionalidade portuguesa e 38 de nacionalidade estrangeira, com idades compreendidas entre os 18 e 24 anos, que tiveram a oportunidade de participar em mesas temáticas, em oficinas de jovens onde debateram os temas abordados nessas mesmas mesas, à luz da realidade das suas cidades. Puderam ainda realizar visitas à cidade, conhecendo projetos promotores do seu desenvolvimento, no âmbito de vários eixos. No último dia, na mesa de jovens, foram comunicadas as conclusões dos trabalhos desenvolvidos ao longo do congresso, tendo a Ana Catarina sido escolhida como porta-voz do seu grupo.
    A Ana Catarina representou de forma exemplar o Concelho de Vila Franca de Xira no Congresso Jovem, pelo que o Município de Vila Franca de Xira agradece a sua participação e formula votos de sucesso pessoais, incluindo o seu percurso académico e profissional.


    Câmara Municipal de Vila Franca de Xira no XIV Congresso Internacional das Cidades Educadoras


    O projeto de Regeneração da Frente Ribeirinha do Concelho de Vila Franca de Xira foi apresentado no dia 2 de junho no XIV Congresso Internacional de Cidades Educadoras, que se realizou de 1 a 4 de junho de 2016, na cidade de Rosário, Argentina, sob o lema “Cidades – Territórios de Convivência”.

    Inserido no eixo temático “o desafio de construir a cidade”, destaca o Rio Tejo enquanto elemento chave da identidade de do Concelho de Vila Franca de Xira, fomentando um sentimento de pertença favorável à coesão social, tendo sido uma experiência selecionada para ser apresentada neste evento.
    Este projeto enquadra-se no âmbito do tema do congresso por cumprir a devolução de uma grande parte da zona ribeirinha para utilização das pessoas, estimulando a utilização livre e segura dos espaços públicos, a prática de exercício físico e a adoção de hábitos de vida saudáveis. Promove igualmente a educação ambiental, sensibilizando para a proteção dos recursos da paisagem natural e dos valores patrimoniais e culturais relacionados com o Rio Tejo.

    O XIV Congresso Internacional de Cidades Educadoras realiza-se visando à construção de cidades mais justas, que estimulem a solidariedade e respeitem a diversidade, valorizando a igualdade de oportunidades e a integração social como princípios que possibilitem essa construção. O evento realiza-se de dois em dois anos para promover um espaço de diálogo, intercâmbio de práticas de referência e reflexão conjunta que convida a pensar a cidade como um lugar de aprendizagem permanente, de convivência e de diálogo.

    O Município de Vila Franca de Xira, como membro da AICE – Associação Internacional das Cidades Educadoras desde 2008 e estando integrado na Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, tem vindo a participar nos congressos nacionais e internacionais pois considera ser muito relevante a partilha de conhecimentos, bem como a apresentação das experiências e boas práticas implementadas no nosso Concelho.


    XIII Congresso Internacional das Cidades Educadoras – Barcelona 2014

     

    XIII Congresso Internacional das Cidades Educadoras – Barcelona 2014


    O 13º Congresso Internacional das Cidades Educadoras 2014, subordinado ao tema “ Uma Cidade Educadora é uma Cidade que Inclui”, decorreu de 13 a 16 de novembro, em Barcelona. Este evento contou com a participação de 1100 representantes de 188 cidades e 34 países do mundo, entre as quais 29 cidades portuguesas, com cerca de 40 representantes.
    Entre conferências, apresentações de experiências, mesas redondas de autarcas e especialistas e, ainda visitas a projetos, durante o Congresso foi abordado o papel da educação, entendida num sentido amplo, como instrumento essencial para a inclusão social, permitindo o desenvolvimento pessoal e coletivo e a melhoria da convivência e solidariedade.

    O Município de Vila Franca de Xira, como membro da Associação Internacional das Cidades Educadoras desde 2008, também marcou presença nesta iniciativa através de uma apresentação sobre a “Universidade Sénior”, tendo sido a partilha desta experiência incluída numa das áreas temáticas do Congresso: A Inclusão como direito (A cidade promotora do bem estar e oportunidades de vida).

  • 2. Congressos Nacionais

    Encontros regional e nacional da RTPCE em Lagoa-Açores


    02Os primeiros encontros Regional e Nacional da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras do ano 2020 decorreram nos dias 27 e 28 de fevereiro respetivamente, no Convento de Santo António, na cidade de Lagoa dos Açores, numa organização da Câmara Municipal de Lagoa.

    Num total de 134 inscrições, para ambos os Encontros, no dia 27 de fevereiro, o Encontro Regional da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras (RTPCE),contou com a participação de 21 municípios que pertencem à Rede. Sendo que, outros municípios não aderentes e entidades foram também convidados a participar neste Encontro, num total de 82 participantes neste primeiro dia. Por seu turno, o Encontro Nacional da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras que decorreu no dia 28 de fevereiro contou com um total de 123 participantes confirmados, representantes de 41 municípios da RTPCE e de outros municípios e entidades convidados.

    A primeira parte do programa do Encontro Nacional foi subordinada ao tema “Diversificar Aprendizagens – Investir na Educação Não Formal”. Do mote do “Desenvolvimento de Competências”, subordinado ao tema Cultura e Património – Núcleos do Museu de Lagoa, todos os participantes tiveram a oportunidade de conhecer o Convento de Santo António e a Coleção Visitável da igreja Matriz de Lagoa. Também no dia 28 decorreu a reunião da RTPCE com as aprovações dos Relatório 2019 e Plano de Atividades 2020, alteração ao Regimento da RTPCE no seu artigo 3º; informações sobre os grupos Temáticos de Trabalho; atualização da Carta de Princípios da AICE; processo de atribuição de Bolsas para a participação no XVI Congresso Internacional da AICE, em Katowice; informação sobre a produção de um logotipo da RTPCE.

    Já o Encontro Regional, em torno da temática Construir a Cidade Educadora, contou com duas sessões de apresentação de Boas Práticas, seguindo-se uma visita ao Núcleo Museológico do Presépio. Após a apresentação de diversos temas, por parte dos oradores convidados, o dia terminou com uma Tertúlia à volta do tema “Cidade Educadora”, com a presença dos vereadores da Comissão de Coordenação da Rede Territorial Portuguesa de Cidades Educadoras e outros municípios da RTPCE.

  • 3. Encontros Nacionais

    Encontro Nacional da Rede Territorial Portuguesa


    03A cidade de Pombal acolheu no passado dia 8 de novembro o Encontro Nacional da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras.

    O evento contou com a presença de 130 representantes de 50 Municípios. A sessão de abertura decorreu no Teatro-Cine, com as intervenções de Diogo Mateus, presidente da Câmara de Pombal, e Ana Maria Cabral, vereadora da Educação.

    Seguiu-se a conferência do Professor Luís Alcoforado, da Universidade de Coimbra, sobre a temática “Territórios educadores – projetar mudanças, aproveitar oportunidades”.

    Seguiu-se uma visita animada por atores à Rota Pombalina, com incidência na zona histórica da cidade. Após o almoço decorreu na Biblioteca Municipal a apresentação do projeto “Valorização de novas competências”, com a apresentação da plataforma “Milage Aprender+”, um projeto sobre o ensinar/aprender da matemática, desenvolvido pela Universidade do Algarve.

    Em seguida teve lugar a reunião da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, na qual foram dadas informações sobre o próximo Congresso Internacional; o Prémio Cidade Educadora; o Dia Internacional e foram lançadas ideias sobre a possível constituição de um novo grupo de trabalho temático e que terá a ver com a temática do “Brincar” e a possibilidade de ações de plantação de árvores pelos alunos das escolas nos respetivos concelhos. Foi aprovada a realização do próximo Encontro Nacional da RTPCE, no dia 28 de fevereiro de 2020 em Lagoa dos Açores.

    Por fim, foi feita uma visita ao “Makerspace Doing Pombal”, instalado na Biblioteca Municipal.



  • 4. Redes Temáticas


    Encontro “Inclusão nos Museus” para fomento da cidadania inclusiva


    Teve lugar no dia 18 de março, no Palácio do Sobralinho, Concelho de Vila Franca de Xira, o Encontro “Inclusão nos Museus”, do Grupo de Trabalho “Cidades Inclusivas”, pertencente à Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras (RTPCE). O evento visou refletir sobre o papel dos Museus enquanto instituições de grande potencial educativo e de transformação social, capazes de acolher a diversidade, constituindo-se como agentes potenciadores de uma cidadania ativa e inclusiva. O evento é dirigido aos municípios que integram a RTPCE e à comunidade educativa do Concelho de Vila Franca de Xira.

    A RTPCE é uma instância de coordenação e fomento de atividades promotoras dos princípios da Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) a nível nacional e municipal sendo constituída por todos os municípios portugueses que são membros da referida associação internacional. Em 2015 foi criado o grupo de trabalho temático “Cidades Inclusivas”, sendo este o seu terceiro encontro.


    Grupo Temático “Cidades Inclusivas” - Encontro Nacional das Cidades Inclusivas – Cidades Inclusivas e políticas locais orientadas para pessoas com necessidades especiais


    20181015_153538O Município de Vila Franca de Xira esteve presente no encontro do  Grupo de Trabalho Cidades Inclusivas, da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras,  realizado no passado dia 15 de outubro, na Academia de Instrução e Recreio Familiar Almadense, em Almada.

    A par de experiências de outros municípios no âmbito das “Cidades Inclusivas e políticas locais orientadas para pessoas com necessidades especiais”, o município de Vila Franca de Xira, representado pela Sra. Vereadora Manuela Ralha, apresentou os “Projetos inclusivos do Museu Municipal de Vila Franca de Xira”, sensibilizando para o facto de que pessoas com deficiência têm as mesmas necessidades e desejos de participar na vida cultural que os demais indivíduos, pelo que se torna premente melhorar o acesso à cultura, aos museus e suas coleções, ao património cultural, por parte dos visitantes com necessidades especiais, o que implica novas estratégias de mediação e gestão dos equipamentos culturais.

    Divulgou também as novas iniciativas inclusivas do Serviço Educativo do Museu Municipal, bem como a adaptação de algumas já existentes, as quais foram inseridas no programa anual de atividades educativas “O Museu Oferece” dirigido à comunidade escolar e outros públicos.

  • 5. Dia Internacional da Cidade Educadora

    O Dia Internacional da Cidade Educadora foi instituído pela Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE), como forma de destacar o compromisso dos municípios aos princípios da Carta de Cidades Educadoras, e sensibilizar os cidadãos a reconhecerem o trabalho desenvolvido pelos diversos agentes educativos na promoção de uma educação de qualidade, inclusiva e ao longo da vida.

    “Tecendo uma rede de cumplicidades” foi o lema da 3.ª edição, sublinhando a importância de tecer redes e agregar novos aliados na construção deste projeto partilhado, que necessita do compromisso do maior número de pessoas, instituições, associações, ONG, governos locais, etc., a par da comunidade educativa.

    O Município de Vila Franca de Xira, enquanto elemento da AICE e, por inerência, da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras (RTPCE), comemorou o Dia, durante a semana de 26 de novembro a 2 de dezembro, com um programa de atividades desenvolvidas pelos vários Serviços Municipais, por entidades parceiras da Sociedade Civil e pelos estabelecimentos de ensino do Concelho, envolvendo grande parte dos agentes educativos da nossa comunidade.

    O programa contemplou atividades de animação da leitura, visitas guiadas, conferências, debates, oficinas, exposições, concerto, feira de troca de livros, atividades físicas, entre outras, que se  dirigem a todos os públicos, desde crianças do pré-escolar a seniores, sendo abordados temas tão diversificados como o ambiente, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, a diversidade e a inclusão, a adoção de hábitos de vida saudáveis, o reconhecimento do mérito e excelência escolar, bem como a aprendizagem ao longo da vida.


    Em 2019, o lema das comemorações foi  “ESCUTAR A CIDADE PARA A TRANSFORMAR”.

     

    Gala

    As comemorações, à semelhança de anos anteriores, reuniram os serviços municipais, a comunidade educativa, o movimento associativo e outras instituições num amplo leque de ofertas para a comunidade em geral, numa lógica de que a cidade educa ao longo da vida. O programa decorreu entre os dias 25 de novembro e 2 de dezembro por todas as freguesias do Concelho.

    No dia 30 de novembro, dia da Cidade Educadora, decorreu a Gala de Mérito e Excelência Escolar para o Ensino Básico, que abrange o 2º e 3º ciclos e consiste numa medida de incentivo ao sucesso escolar, através da qual pretende-se reconhecer aos alunos finalistas destes ciclos de ensino a assiduidade, o esforço e o desempenho escolar, assim como o trabalho em ações meritórias em prol da comunidade. A Gala decorreu no Ateneu Artístico Vilafranquense e contou com a presença de aproximadamente 320 pessoas que reconheceram o mérito e excelência de 63 alunos.